Entrevista com Ciro Gomes feita em Americana
Durante a celebração dos 11 anos da Fesspmesp (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado de São Paulo), evento com cobertura da AGSP (veja matéria), nosso...


ARTIGO
O povo brasileiro precisa aprender o que é perseverança
 
Artigo de Lucas Ricardo de Souza Pereira - Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll
 
Virou rotina já há alguns anos ligarmos a TV e vermos, em algum momento, indícios ou fatos que relatem protestos de alguma classe trabalhadora, greves e outros acontecimentos do tipo. Mas, já percebeu que, por mais que uns durem dias, nunca parece ser o bastante? A mais recente foi a greve dos caminhoneiros que parou estradas em todo o País. Como resultado, o valor do diesel foi reduzido pelo Governo e algumas outras reivindicações foram atendidas. Mas, será que a justiça já foi feita? Os 0,46 centavos de redução vão equiparar os anos em que o povo tem sido "roubado" por políticos corruptos? Creio que não!

CONTRASTE - Em contrapartida, durante o ano de 1956, na cidade de Montgomery, Estados Unidos, onde não haviam redes sociais nem ferramentas para alcançar várias pessoas ao mesmo tempo, um movimento da população negra contra a segregação racial teve grande impacto. A grande diferença é que sua duração foi de mais de um ano. Em um breve resumo, a população negra buscava seu direito civil, pois na época se um branco entrasse no ônibus cheio, um negro deveria lhe ceder o lugar. Então, em 1º de dezembro de 1955 se deu início o "boicote aos autocarros de Montgomery", nome pelo qual ficou conhecida a mobilização.

DESFECHO -
Com nomes de expressão que fizeram parte do protesto, como Martin Luther King e Rosa Parks, no dia 4 de junho de 1956, após grande resistência, perda de empregos pela falência de empresas de ônibus, condenações e injustiças, a vara federal local decidiu que as leis de segregação racial do Alabama, estado em que Montgomery está localizado, eram inconstitucionais. Ao todo, foram 381 dias de boicote.

CONCLUSÃO - O que quero dizer com tudo isso? Simples... o povo brasileiro precisa aprender o que é perseverança! Desde que me entendo por gente vejo a desigualdade nítida todos os dias. E vejo também pessoas que se importam com este problema e desejam ir à luta. Mas falta a perseverança. Um protesto social, seja pelo motivo que for: racial; desigualdade financeira; contra corrupção; vai contra uma sociedade criada com a filosofia do imediatismo. Queremos agir agora e colher os frutos amanhã. Mas não é bem assim. Há movimentos que podem sim fazer a diferença no Brasil que conhecemos, onde a injustiça e os interesses próprios reinam. A luta foi e sempre será árdua, mas, sem ela, não tem como vencer.

CLIQUE E SAIBA MAIS DETALHES SOBRE A HISTÓRIA DO BOICOTE EM MONTGOMERY

CLIQUE E OUÇA MAIS SOBRE MARTIN LUTHER KING

Martin Luther King foi um dos participantes do boicote aos ônibus de Montgomery, em 1956, e um dos maiores ativistas negro

 
CLIQUE AQUI E CONFIRA O ARTIGO ANTERIOR