fbpx

Centrais Sindicais definem Dia Nacional de Luta e Mobilização em Defesa da Previdência

As principais Centrais Sindicais se reuniram no fim do mês de fevereiro para organizar ações de resistência contra a Reforma da Previdência proposta pelo Governo Bolsonaro. Assim, na próxima semana, especificamente na sexta (22), ficou definido o Dia Nacional de Luta e Mobilização em Defesa da Previdência.

A ideia das Centrais é convocar a classe trabalhadora para várias mobilizações em suas regiões durante todo o dia. Além disso, esta seria uma espécie de “esquenta” para outras várias mobilizações que serão organizadas enquanto a proposta tramitar no Congresso. Inclusive, uma greve geral não está descartada pelas lideranças.

Na avaliação das Centrais, a Reforma como está apenas prejudica o trabalhador comum, e não retira privilégios dos “maiorais”. “Todos são prejudicados, os que já estão e os que vão entrar no mercado de trabalho, os aposentados e os que estão prestes a se aposentar. A única saída é o enfrentamento”, diz o presidente da CUT, Vagner Freitas.

Diversos Sindicatos, Federações, Confederações e outras entidades de cunho trabalhista se manifestaram em seus sites e redes sociais a favor da ação.

Para apoiar o ato, manifeste-se em suas redes sociais com a hashtag #vocenaovaiseaposentar.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *