Entrevista com Ciro Gomes feita em Americana
Durante a celebração dos 11 anos da Fesspmesp (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado de São Paulo), evento com cobertura da AGSP (veja matéria), nosso...


NOTÍCIAS - Osasco, 6 de junho de 2018
Postos deverão exibir preços antes e depois da greve
 
Por meio de portaria no Diário Oficial da União, o Ministério da Justiça determinou hoje (6) para que os Procons estaduais e municipais cobrem que os postos de combustível exibam de forma clara e ostensiva os preços do diesel antes e depois da greve dos caminhoneiros. A medida, além de várias determinações, se não cumprida, poderá acarretar em multa, suspensão temporária da atividade e até interdição total.

SAIBA MAIS - Pela portaria, os postos de combustível devem informar o valor do diesel a partir de 1º de junho na comparação com o dia 21 de maio, data usada como base pelo governo para promover a diminuição no valor do combustível. Para demonstrar a diferença de preços, o posto poderá usar "cartaz, placa, faixa ou similar". Ainda devem apresentar aos agentes do Procon as notas fiscais de compra e venda.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS DETALHES DA NOTÍCIA

CONTATO - Quer uma assessoria para sua entidade? Entre em contato com nossa equipe pelo telefone, WhatsApp, e-mail ou redes sociais. Ligue (11) 3681.6235 I 940.376.585 - mande sua mensagem pelo endereço equipe@gritasaopaulo.com.br ou acesse as redes - Facebook, Instagram, Flickr e YouTube.

Segundo determinação do Ministério da Justiça, postos de combustível deverão exibir preço do diesel antes e depois da greve