Confira o programa Servidor em Destaque
A primeira temporada do Servidor em Destaque foi gravada na Rádio Nova Difusora AM 1.540. Nesta segunda temporada, que inicia em fevereiro de 2017, será produzida em estúdio próprio


NOTÍCIAS - Osasco, 10 de maio de 2017
Fique atento às notícias dos "agentes da verdade"
 
Não é preciso muito estudo ou conhecimento para perceber que vivemos em um tempo que a interação e troca de informações, bem como a divulgação e repercussão de notícias, acontecem de forma extremamente veloz. O "x" da questão é que não existem filtros para estabelecer se uma notícia é ou não verdadeira.

Sem regras para espalhar informações que possam conter conteúdo falso, não checado, de interesses pessoais, políticos ou econômicos e até criminosos, as redes sociais estão "contaminadas" com os "agentes da verdade". São inúmeras pessoas, páginas ou sites que veiculam notícias falsas, mentirosas e difamatórias. Com isso, existe uma grande alienação de pessoas que consomem esse tipo de conteúdo ruim.

A partir daí se formam grupos de pessoas alienadas que se tornam uma grande massa de manobra que é conduzida pela "legião de imbecis", título dado pelo escritor e filósofo italiano Umberto Eco aos que espalham notícias falsas. Cada dia mais as redes sociais se tornam um campo fértil para os "agentes da verdade".

Uma grande prova é o movimento conhecido por MBL - Movimento Brasil Livre, mas que na verdade prende o pensamento daqueles que seguem e acreditam em seu ideal. Segundo levantamento feito pela Associação dos Especialistas em Políticas Públicas de São Paulo (AEPPSP), o MBL é um dos principais disseminadores de notícias falsas. Além deles, existem muitos outros sites, páginas e pessoas que geram as mesmas coisas.

FIQUE ATENTO - Feito esse breve alerta, e com base em uma notícia do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) - clique e leia a matéria - é importante que antes de qualquer informação ou notícia que venha de redes sociais, sejam checadas as fontes e se existe algum interesse por trás de quem produziu o conteúdo. Mais do que isso, para enfrentar essa realidade prejudicial à sociedade, é preciso haver educação e formação política e cívica, para que o cidadão compreenda o que representa cada post.

CLIQUE E VEJA O LEVANTAMENTO SOBRE O MBL


CONTATO - Quer uma assessoria para sua entidade? Entre em contato com nossa equipe pelo telefone, WhatsApp, e-mail ou redes sociais. Ligue (11) 3681.6235 I 940.376.585 - mande sua mensagem pelo endereço equipe@gritasaopaulo.com.br ou acesse as redes - Facebook, Instagram, Flickr e YouTube.