fbpx

Em Campanha Salarial, assembleia de trabalhadores da Embraer delibera estado de greve

Em São José dos Campos, os metalúrgicos da Embraer deflagraram estado de greve. A deliberação ocorreu na assembleia da última terça, dia 2, após impasses nas negociações. Assim, mesmo em Campanha Salarial, os trabalhadores deram o aviso. Segundo o Sindicato representante da categoria, a intenção é pressionar a Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo), assim, pode existir uma proposta de reajuste e renovação de direitos.

NEGOCIAÇÕES – A Fiesp ainda não iniciou os debates econômicos da Campanha Salarial e insiste em retirar direitos da Convenção Coletiva, como a estabilidade para trabalhadores lesionados. O grupo patronal também propôs a aplicação da terceirização irrestrita na Embraer e redução do adicional noturno. Consequentemente, os metalúrgicos rejeitaram a proposta.

Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, André Luís, a Reforma Trabalhista causa impacto direto. Isto porque ela abre caminho para a retirada de direitos. “O Sindicato deu todas as chances de negociação, mas a Fiesp se manteve intransigente. Agora os trabalhadores já deram o recado de que não aceitarão esses ataques”, disse o sindicalista.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *