Microsoft anuncia compra da Activision Blizzard por US$ 68,7 bilhões. Aquisição se torna a maior do mercado de jogos

A Microsoft anunciou na última terça (18) que comprará por US$ 68,7 bilhões (aproximadamente R$ 379 bilhões) a Activision Blizzard, uma das maiores e mais populares empresas de games do mundo. O valor se torna a maior aquisição do mercado de games. A compra supera o arremate de setembro de 2020, quando a Microsoft adquiriu a americana ZeniMax Media, detentora da Bethesda Softworks, dos games “Elder Scrolls”, “Doom” e “Fallout”. A compra custou US$ 8,7 bilhões (R$ 48 bilhões) e envolveu as 14 empresas incluídas no conglomerado de jogos eletrônicos.

Com a compra da Activision Blizzard a Microsoft vai se tornar a terceira maior empresa de games do mundo, por reunir a plataforma e os estúdios do Xbox e o portfólio da Activision, que inclui jogos como “Call of Duty”, “Overwatch”, “Warcraft”, “Candy Crush” e a franquia de Tony Hawk.

Apesar da Activision Blizzard não divulgar os resultados de seus jogos, a estimativa de avaliadores é que o “Candy Crush”, por exemplo, movimente cerca de US$ 3 milhões por dia com o significativo aumento de 20% em 2021, sendo a franquia que mais lucrou em lojas de aplicativos nos Estados Unidos. Além desses valores expressivos, a empresa possui em torno de 400 milhões de jogadores ativos mensais espalhados por 190 países, e franquias que valem bilhões de dólares.

De acordo com a gigante de tecnologia, as transações já foram aprovadas pelos conselhos das duas empresas. Agora, precisa da aprovação dos acionistas da Activision Blizzard e da conclusão da revisão regulatória. A Sony, maior concorrente do Xbox e antiga líder do mercado de games e consoles, comentou a respeito da aquisição:

Nós esperamos que a Microsoft respeite acordos contratuais e continue a garantir que os jogos da Activision continuem multiplataforma”, disse um porta-voz da empresa ao The Wall Street Journal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.