fbpx

ELEIÇÕES 2018 – Disputas presidencial e do governo paulista vão ao segundo turno

Os brasileiros foram às urnas ontem, dia 7 de outubro, para eleger seus representantes para os seguintes cargos: deputados federal e estadual, senador (2), governador e presidente da República. No cargo máximo, após o fim da apuração, os candidatos Jair Messias Bolsonaro (PSL), com 46% dos votos, e Fernando Haddad (PT), com 29% dos votos, irão disputar o segundo turno.

Sendo assim, novo pleito ocorre dia 28 de outubro. Em São Paulo, os candidatos João Dória (PSDB) e Márcio França (PSB) também irão ao 2º turno, com 31 e 21% dos votos respectivamente.

RENOVAÇÃO NA POLÍTICA
O poder legislativo teve grandes mudanças. Na Câmara dos Deputados, por exemplo, haverá 30 partidos representantes, um recorde desde a redemocratização. Além disso, partidos tradicionais com grandes bancadas diminuíram consideravelmente, como o MDB (de 66 para 34 eleitos) e PSDB (de 54 para 29 eleitos). Por outro lado, o PSL saltou de apenas um eleito em 2014 para 52 neste ano.

SENADO
A renovação também alcançou os senadores. Ao todo, 2/3 da Casa foram renovados. MDB, Rede e PP são os partidos que mais elegeram senadores nas eleições deste ano. O mandato é de 8 anos e cada senador eleito representa uma chapa formada por três nomes: titular, 1º suplente e 2º suplente. Os suplentes assumem o mandato apenas em caso de afastamento do titular. A taxa de renovação representa 85%, sendo a maior da história do senado.

AUSÊNCIA
Nestas eleições, 29,9 milhões de brasileiros deixaram de votar no 1º turno. Assim, a fatia corresponde a 20,3% do eleitorado. Esse total é o mais alto desde as eleições de 1998.

NÚMEROS
Dez senadores alvos da Lava Jato, investigado, denunciado ou réu, não se reelegeram. Já na Câmara dos Deputados teve uma renovação de 53,2% e um aumento de 51% de mulheres eleitas. Finalmente, Janaína Paschoal (PSL) foi a deputada estadual mais votada da história, com 2.031.829 de votos.

Clique aqui e veja mais curiosidades.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Um comentário em “ELEIÇÕES 2018 – Disputas presidencial e do governo paulista vão ao segundo turno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *