Emancipação de Osasco | Agência Grita São Paulo não terá expediente nesta sexta (19)

A Agência de Comunicação Grita São Paulo informa que nesta sexta, dia 19 de fevereiro, não haverá expediente devido ao feriado municipal de emancipação da cidade de Osasco. Retornaremos normalmente na segunda (22). Lembramos que nosso horário de funcionamento é das 9 às 19 horas – segunda a sexta. Solicitações feitas até às 18 horas serão atendidas no mesmo dia, após esse horário, serão realizadas no primeiro horário do dia útil seguinte.

HISTÓRIA DE OSASCO

Na região onde hoje se situa Osasco e em seus arredores existiam vários sítios e chácaras. Próximo às margens do Tietê, no século XIX, havia uma aldeia de pescadores e grandes fazendas. Uma delas foi vendida ao italiano Antonio Agu, um imigrante com quem começa a nossa história.

Antonio Agu foi proprietário de vários negócios e terras na região. Em 1887 comprou uma gleba de terra no Km 16 da Estrada de Ferro Sorocabana. Por volta de 1890, resolveu ampliar sua olaria e convidou para sócio o Barão Dimitri Sensaud De Lavaud. A pequena fábrica, que produzia tijolos e telhas, passou a fazer também tubos e cerâmicas, dando origem à primeira indústria da cidade, a Companhia Cerâmica Industrial de Vila Osasco.

Após outras iniciativas, em 1895, Agu construiu a Estação Ferroviária, erguendo várias casas nos arredores para abrigar os operários que chegavam para atuar na obra.
Os dirigentes da Estrada de Ferro quiseram batizar a estação com o nome do principal empreendedor da região, mas Antonio Agu pediu que a homenagem não fosse dada a ele e sim à sua cidade natal na Itália: Osasco.

Daí por diante Osasco, como a região passou a ser conhecida, não parava de crescer, muitas pessoas conhecidas do comércio e diversas indústrias importantes se instalaram por aqui. Para operar as máquinas dessas indústrias foram contratados imigrantes. Essa mão-de-obra começou a formar a população do local e deu origem a seu povo.

Em 1918, foi criado o Distrito de Paz, e 1938 e 1944, passou à Zona Distrital (15ª) do Distritosede do Município de São Paulo e a 14º. Sub-Distrito, respectivamente. Em 1953 começou a luta
pela emancipação, realizando-se a 13 de dezembro desse ano, o primeiro plebiscito. Cinco anos
depois, o segundo plebiscito aprovou a emancipação de Osasco.

Embora o resultado do segundo plebiscito tenha sido homologado, decorreu muito tempo para
que a questão ficasse definitivamente resolvida. O desligamento de Osasco, da Capital, somente
ocorreu com a realização em 4 de fevereiro de 1962, da eleição para a primeira administração.

Emancipação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×