LEVANTAMENTO – 42% das mortes no trânsito são por suspeita de embriaguez ao volante

O DetranSP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) e o Infosiga (Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) divulgaram um levantamento com números alarmantes: 42% das mortes no trânsito são por suspeita de embriaguez ao volante. Os dados baseiam-se no período de janeiro de 2019 a julho de 2021, quando foram registrados 12.470 acidentes e 892 óbitos de motoristas neste cenário. As maiores vítimas das fatalidades são os jovens.

No Estado de São Paulo, em média, quase todos os dias, uma pessoa perde a vida no trânsito porque bebeu, dirigiu e se envolveu em acidente. São 28 mortes por mês. Quase a metade aconteceu, justamente, quando estavam de folga, nos sábados e domingos à noite.

 NÚMEROS DO LEVANTAMENTO

 Acidentes causados por embriaguez ao volante em São Paulo (janeiro 2019 a julho 2021):

12.470 acidentes;
892 mortes em 448 cidades e 427 estradas;
378 mortes ocorreram à noite nos finais de semana;
18% das vítimas têm de 18 a 24 anos;
378 dessas mortes aconteceram com o dia já escuro e nos finais de semana;
Jovens de 18 a 24 anos são quase 20% das vítimas.

CAMPANHAS EDUCATIVAS E FISCALIZAÇÃO

Os números apresentados pelo Detran e Infosiga preocupam e necessitam de estratégias dos nossos atores políticos a fim de, pelo menos, diminuir todas essas fatalidades. Além de campanhas educativas – em televisão, rádios e jornais – precisamos de fiscalização permanente aos finais de semana, blitz e bafômetros com o objetivo de inibir os infratores.

Daniel Lucas Oliveira

Jornalista formado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *