Luto no Futebol | Vadão, ex-técnico da seleção feminina, morre em São Paulo vítima de câncer

Oswaldo Alvarez, o Vadão, ex-técnico da seleção brasileira feminina de futebol, faleceu na tarde de ontem, dia 25 de maio, em São Paulo. O treinador tinha 63 anos e lutava contra um câncer no fígado e estava internado no hospital Albert Einstein.

Vadão lutava contra a doença desde o início de 2020, quando passou por sessões de quimioterapia e chegou a apresentar evolução, mas o quadro se agravou recentemente. Ele deixa a esposa Ana, os filhos Adriano e Carolina e dois netos.

HOMENAGEM

Ícones do futebol, como por exemplo Kaká, Rivaldo, Cristiane, Marta e a entidade máxima do esporte, a FIFA, prestaram homenagem em suas redes sociais.

Minha eterna gratidão por você ter aberto as portas pra um garoto que ninguém conhecia e poucos acreditavam. Mas você acreditou, me ensinou, me deu oportunidades pra que eu pudesse voar. Hoje o dia é de muita tristeza, mas as lembranças que guardo no meu coração são de muitas alegrias!!! Descanse em paz meu amigo”.

Treinadas por Vadão, Marta e Cristiane lamentam a perda do ex-técnico.

FIFA e CBF também se manifestaram após a perda do treinador.

BIOGRAFIA

Vadão iniciou a carreira como jogador na década, com passagem pelo juvenil do Guarani e do Botafogo-SP. No profissional, passou por Paulista, Velo Clube e Capivariano.

Contudo, foi como treinador que ficou conhecido. Vadão ganhou destaque com o “Carrossel Caipira” no Mogi Mirim, onde ajudou a projetar Rivaldo, Leto e Válber também eram outros símbolos daquele time que se inspirava na Holanda de 1974, com o esquema 3-5-2.

Além disso, também está entre os principais técnicos do futebol de Campinas. Pelo Guarani, por exemplo, é o terceiro treinador que mais dirigiu o time na história. Em suma, foram 204 jogos em cinco passagens (1995, 1997-98, 2009-10, 2012 e 2017), com campanhas marcantes, como o acesso na Série B em 2009 e o vice-paulista de 2012 – quando foi eleito o melhor treinador do torneio.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×