SETEMBRO AMARELO I É preciso combater o preconceito. Suicídio não é brincadeira!

O suicídio é um caminho sem volta e causa feridas dolorosas e profundas. É uma ação devastadora, com efeitos colaterais em diversas famílias. Setembro Amarelo é um mês exclusivo de prevenção, a fim de trazer o debate para os holofotes dos acontecimentos reais, pois se faz necessário estudar, se preparar e, inclusive, combater esse mau tão presente na vida de milhares de famílias.

Entretanto, o suicídio é uma doença necessária de cuidados específicos, com a ajuda de um profissional capacitado. É uma prisão emocional causada pela ansiedade, com o objetivo de chegar à depressão e consequentemente levar à morte. Pessoas nessas condições se isolam e preferem o silêncio. Travam uma luta solitária e desvantajosa contra um inimigo cruel e implacável.

NÚMEROS REAIS

Todos os anos, cerca de 1 milhão de pessoas morrem por suicídio no mundo. Entre 50 e 60% delas nunca se consultaram com um profissional de saúde mental ao longo da vida. Depressão, transtorno bipolar, dependência química e tantas outras doenças mentais, se não tratadas, podem levar ao suicídio.

Infelizmente, o preconceito ainda existe e impede pessoas de procurarem ajuda e diariamente milhares de vidas deixam de ser salvas.

VOCÊ PODE AJUDAR!
Fique atento aos sinais.
Cuide de seus amigos e familiares.
Procure o psiquiatra.
Combater o estigma é salvar vidas.

Daniel Lucas Oliveira

Jornalista formado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *