AGSP acompanha Sindicatos de Americana, Itapecerica, Itaquá e Osasco em reunião de diretores da Fesspmesp

A Agência Grita São Paulo (AGSP) marcou presença no encontro da diretoria executiva da Fesspmesp (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais do Estado de São Paulo), dia 11 de março, no SFPMIS (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapecerica da Serra). O intuito foi acompanhar os nossos clientes de Americana, Itapecerica, Itaquaquecetuba, Osasco e Cotia. Na ocasião, lideranças sindicais de várias partes do Estado debateram a atual conjuntura do Brasil e o plano de ações para 2020.

PARTICIPAÇÃO DAS LIDERANÇAS

Adalberto Félix, presidente do SFPMIS, foi o anfitrião do encontro. Além disso, Clícia Mara Silva Damaceno, presidente do Sinseri (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaquaquecetuba), e Antônio Rodrigues dos Santos (Toninho do Caps), presidente do Sintrasp (Sindicato dos Servidores de Osasco e Cotia, e Aires Ribeiro, tesoureiro do SSPMA (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Americana) marcaram presença.

DETALHES IMPORTANTES

O presidente da Fesspmesp, Aires Ribeiro, que também é diretor do SSPMA (Sindicato dos Servidores de Americana), comandou os trabalhos do dia. Assim, diversas pautas foram tratadas, tais como: planejamento de ações para 2020; apoio aos Sindicatos filiados por meio de visitas; eleições sindicais; orçamento; convênios e benefícios; entre outros. Outro destaque foi a convocação das entidades para a mobilização do dia 18 de março. Ou seja, trata-se do Dia Nacional de Lutas, protestos e paralisações, definido pelas Centrais Sindicais como oposição aos atuais ataques do Governo Federal aos direitos do trabalhador.

Além disso, uma pauta em destaque no encontro foi a questão do aumento da alíquota previdenciária para Servidores públicos. O assunto gerou grande debate entre os sindicalistas, visto que há várias diferenças entre municípios, como, por exemplo, se há ou não instituto próprio, dívidas com a União, atual porcentagem de desconto, entre outras. Assim, a Federação se propôs a ser protagonista na defesa dos trabalhadores, não só nesta, mas em todas outras vertentes.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×