fbpx

Cursos de Inglês | Cresce número de brasileiros matriculados após os 30 anos

O site Vagas.com divulgou uma pesquisa interessante sobre a importância dos cursos de inglês para os brasileiros. O mais curioso está no fato do crescimento de brasileiros acima de 30 anos matriculados interessados em dominar a língua inglesa inclusive para o mercado de trabalho.

O estudo aponta que apenas 36% dos brasileiros que afirmam ter fluência em inglês realmente tem. O legal do texto, elaborado em parceria com a escola de idiomas CCAA, é o estímulo para quem está na fase adulta não deixar cair a peteca. Eles apontam, que no CCAA 33% dos alunos matriculados estão acima dos 30.

Antes de decidir o curso a se fazer é importante pesquisar bastante antes de se matricular. Analise se a grade curricular está de acordo com seu desejo e se a metodologia tem a ver com seu jeito. Têm pessoas (nós da Grita São Paulo somos exemplo disso) que desenvolvem melhor suas habilidades com aulas particulares. Deste modo, o ensino é moldado de acordo com o desenvolvimento de um grupo pequeno.

Preste atenção na metodologia de ensino

Outra dica importante, sobretudo para quem está aprendendo inglês depois dos 30 anos, é ficar atento aos métodos de fixação de conteúdo dos cursos de inglês. Isso porque a repetição é a mãe do aprendizado. E ela é ainda mais necessária quando os encontros com seu professor de inglês são uma ou duas vezes por semana. Se você não praticar muitos exercícios em casa, as chances de esquecer o que foi ensinado na aula seguinte é enorme.

Fale inglês na vida, não apenas em sala de aula

Um bom curso de inglês dá a base para aprender o idioma e ser fluente. Mas, os alunos não precisam se limitar ao estudo em sala de aula e nem aos deveres de casa. Ajuda bastante no aprendizado, principalmente após os 30 anos, atividades extraclasses simples como:

  • Acompanhar youtubers e blogs estrangeiros;
  • Ler livros de literatura ou técnicos em inglês;
  • Assistir seus filmes e séries preferidas sem legenda.

Wellington Torres

Editor da AGSP. Jornalista de coração e alma, pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais. Heavy user de redes sociais e fã de tecnologia. Já assisti muitas séries, porém agora até minha mãe sabe mais de Greys Anatomy do que eu. Viajante aleatório, já tenho meu próximo destino: Ushuaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *