Em Parelheiros, imigrantes e refugiados preparam marmitas saudáveis para distribuição

Uma ação conjunta da Prefeitura de São Paulo, entidades e voluntários tem feito a diferença na distribuição de marmitas para famílias em situação de vulnerabilidade nas regiões norte e sul da cidade. Trata-se da produção de marmitas por mulheres marginalizadas, transsexuais e imigrantes refugiados para distribuição Paraisópolis, Brasilândia e Vietnã.

OS PROJETOS

Um é o projeto do Ministério Público do Trabalho (MPT), em parceria com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Organização Internacional do Trabalho. Este articula a produção de marmitas.

Outro é o Projeto Ligue os Pontos, iniciativa da Prefeitura de São Paulo, o qual apoia a ação e identifica os produtores rurais da zona sul na conexão dessa cadeia de produção. A iniciativa inova no auxílio a comunidades carentes durante a pandemia.

E por fim, o programa Faces & Sustentabilidade, que surgiu para ajudar a minimizar os impactos da pandemia do Coronavírus às pessoas mais vulneráveis, e está dividido em três grandes frentes. A primeira etapa teve papel importante do Projeto Ligue os Pontos com apoio da Bloomberg Philanthropies. O projeto ajudou a identificar produtores rurais do extremo sul da cidade com dificuldades de comercialização – orgânicos ou em fase de transição agroecológica – para que pudessem vender seus alimentos à iniciativa.

Então, essa ação conjunta beneficia diversas famílias diariamente e ainda ajuda produtores rurais da zona sul nesse período de quarentena. O cardápio, que muda todos os dias, foi montado pela Chef de cozinha Paola Carosella e agrega sabores e temperos de diversas nacionalidades.

DETALHES

As “marmitas” têm como destino as comunidades de Paraisópolis, Brasilândia e Vietnã. Em suma, o projeto deve durar por mais dois meses e seus recursos são provenientes da aplicação de multas trabalhistas.

Clique aqui e saiba mais sobre o Projeto Ligue os Pontos.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×