Imposto de Renda 2021 | Receita Federal libera consultas ao 1º lote de restituição

A Receita Federal liberou nesta segunda (24) as consultas ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2021. Ao todo, 3,4 milhões de contribuintes deverão ter de volta valores, que somados, superam a marca de R$ 6 bilhões. Os recursos serão depositados em 31 de maio. Segundo o órgão, esse é o maior lote já pago, tanto em valor quanto em quantidade de pessoas.

As consultas podem ser feitas:

  • na página da Receita na internet;
  • no aplicativo da Receita para tablets e smartphones.

Como em anos anteriores, o primeiro lote do IR contemplará contribuintes com prioridade legal:

  • idosos acima de 80 anos (196.686);
  • contribuintes entre 60 e 79 anos (1.966.234);
  • contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave (127.783);
  • contribuintes cuja maior fonte de renda seja o Magistério (891.421).

Segundo a Receita Federal, foram contemplados, ainda, 263.914 contribuintes não prioritários que entregaram declarações de exercícios anteriores até o dia 28 de fevereiro de 2021.

Neste ano, o primeiro lote do IR será pago no último dia do prazo de entrega do Imposto de Renda, estendido para 31 de maio em razão da pandemia do novo Coronavírus. De acordo com a Receita Federal, foram recebidas até a última quarta (19) 21,39 milhões de declarações do Imposto de Renda 2021, de um total de 32 milhões previstas.

DATA DE PAGAMENTO DOS LOTES

1º Lote – 31 de maio de 2021 (contribuintes com prioridade legal)
2º Lote – 30 de junho de 2021
3º Lote – 30 de julho de 2021
4º Lote – 30 de agosto de 2021
5º Lote – 30 de setembro de 2021

Wellington Torres

Editor da AGSP. Jornalista de coração e alma, pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais. Heavy user de redes sociais e fã de tecnologia. Assisto muitas sérias e atualmente meu maior vício são as médicas (Greys, The Good Doctor, New Amsterdam e The Resident) #LetsgotoCanada2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *