NÚMEROS DE 19/5/2020 I Brasil tem 17.971 óbitos e 271.628 casos confirmados de Coronavírus

Ministério da Saúde divulgou ontem (às 19h20, de 19 de maio) novos números referentes à pandemia da Covid-19 (Coronavírus). São 17.971 óbitos e 271.628 casos confirmados. São Paulo lidera o ranking com 65.995 casos e 5.147 óbitos. No geral, a taxa de letalidade se mantém em 6,6%.

17.971 mortes, eram 16.792 na segunda (18)
271.628 casos confirmados, eram 254.220 
Taxa de letalidade de 6,6%
106.794 recuperados

CASOS POR REGIÃO

Sudeste tem 106.470.
Nordeste, puxado pelo Ceará, com 94.071 infectados.
A região Norte ultrapassou o Sul e o Centro-Oeste e agora tem 51.107.
Sul são 11.644.
Centro-Oeste
8.336 casos.

CASOS POR ESTADOS
Acre (2.482)
Alagoas (4.316)
Amapá (4.310)
Amazonas (22.132)
Bahia (11.013)
Ceará (28.112)
Distrito Federal (4.853)
Espírito Santo (7.693)
Goiás (1.846)
Maranhão (14.198)
Mato Grosso (995)
Mato Grosso do Sul (642)
Minas Gerais (4.977)
Paraná (2.481)
Paraíba (5.300)
Pará (16.295)
Pernambuco (21.242)
Piauí (2.440)
Rio Grande do Norte (3.483)
Rio Grande do Sul (3.750)
Rio de Janeiro (27.805)
Rondônia (2.043)
Roraima (1.985)
Santa Catarina (5.413)
Sergipe (3.967)
São Paulo (65.995)
Tocantins (1.646)
RECUPERADOS

Subiu para 106.794 o número de pessoas recuperadas da Covid-19 no Brasil, o que representa 39,3% do total de casos confirmados até o momento (271.628). Há também 146.863 pessoas em tratamento. O Governo do Brasil, junto às secretarias de saúde estaduais e municipais, está cuidando de todos. Na segunda (18) o Brasil bateu a marca de 100 mil casos recuperados. As informações foram atualizadas até as 19 horas desta terça (19) pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país. Outras 146.863 pessoas estão sendo acompanhadas (54,1%) pelos profissionais de saúde.

Nas últimas 24 horas, 6.335 pessoas se recuperaram da doença. Até o momento, o país registra 17.971 óbitos, sendo que 1.179 foram registrados nos sistemas de informação oficiais do Ministério da Saúde nas últimas 24 horas, apesar de a maioria ter acontecido em outros dias. Isso porque as notificações ocorrem apenas após a conclusão da investigação dos motivos das mortes. Desse total, 225 mortes ocorreram, de fato, nos últimos três dias e outras 3.319 estão em investigação.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×