fbpx

Ser estudante de Letras é ir além das páginas de um livro

Ser estudante de Letras é algo peculiar nos dias de hoje. Aos olhos de muitos, você escolheu “sofrer”, por optar trabalhar com as mazelas da educação brasileira. Mesmo diante de tudo dito nos jornais e comentado por aí, só quem sente em si um desejo por conhecer e ensinar, realmente entende o prestígio de ser Professor. Destaco, principalmente, o Professor de Letras.

É raro encontrar quem escolha esse curso, pelo cenário pouco favorável atualmente. E isso em muitos aspectos. Pior ainda, pois tende a se agravar (segundo relatos de meus próprios professores). As salas dos cursos de licenciatura estão cada vez com menos alunos. Tanto por falta de interesse como de incentivo. Sem levar em conta o medo de violência escolar e péssimas condições de trabalho.

“Quem acredita, alcança”

Mas toda profissão tem seus desafios e também suas recompensas. Ser um estudante de Letras/Português é fascinante. É uma oportunidade ímpar de contato com a Literatura e opiniões de grandes personalidades da história do Brasil e suas obras. Vemos no decorrer dos anos figuras que moldaram o mundo por meio de suas ideias registradas nas páginas de seus livros. Livros espalhados por aí, ainda sendo trabalhados por muitos. Eles geram inovação e diferentes formas de se pensar o mundo.

Porém, o maior desafio e a melhor recompensa, acredito eu, venham por meio das práticas de Ensino. O professor brasileiro tem inúmeras barreiras dentro da sala de aula atualmente, como disputar com a internet, Netflix, preconceitos diversos quanto a leitura, etc. E devido as dificuldades já mencionadas, todo professor é levado a se reinventar, buscar ser sempre claro nas ideias, divertido, amigo de seus alunos, mas principalmente, ser aquele quem mostra as possibilidades das ideias e os resultados oferecidos pelo conhecimento.

Experiência do cotidiano

Tudo isso é debatido e estudado na sala de aula onde estudo. Sou um universitário com mais um ano e meio pela frente até se formar verdadeiramente como Educador. Mas a cada dia tenho maior certeza sobre os desafios os quais propus superar. Também sei dos novos surgindo na Educação do Brasil. Estes precisarão urgentemente serem combatidos com sabedoria. O professor está a frente do aluno mas não é superior: ambos devem trabalhar juntos para estabelecer uma visão de mudança na sociedade.

Um comentário em “Ser estudante de Letras é ir além das páginas de um livro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *