Câmara dos Deputados está negativada com a população, afirma Datafolha

Pesquisa Datafolha, divulgada em 23 de setembro, revela que a imagem do Legislativo está mais negativa: para 44% dos brasileiros, o trabalho dos deputados federais e senadores é ruim ou péssimo. A pesquisa ouviu 3.667 pessoas com mais de 16 anos em 190 cidades e ocorreu entre os dias 13 e 15 de setembro.

COMPARATIVO

Em julho, 38% desaprovavam os congressistas. Naquela rodada, somente 14% achavam o trabalho no Congresso bom ou ótimo, índice que oscilou negativamente para 13%. Consideram a ocupação regular 40%, ante 43% há dois meses. Não souberam opinar 3%.

OUTRAS INSATISFAÇÕES

Segundo o Datafolha 56% dos brasileiros desejam a abertura de um processo de impeachment contra Bolsonaro, ato que é privativo do presidente da Câmara. A reprovação ao trabalho parlamentar é maior entre aqueles mais instruídos (53% para quem tem curso superior) e mais ricos (57% entre os que ganham mais de 10 salários mínimos).

O trabalho é mais bem avaliado, porém, por aqueles que aprovam o governo Bolsonaro (22% da amostra total, ante 24% de regular e 53%, de ruim ou péssimo): 23% de ótimo e bom. No seu melhor momento, a atual legislatura tinha 22% de aprovação, 41% de avaliação regular e 32% de reprovação.

Não é de hoje que o Centro domina a Câmara, infelizmente, esses deputados não estão preocupados com as pesquisas. Por que? Porque suas bases eleitorais são fidelizadas graças às verbas do Orçamento da União, por meio de emendas parlamentares que garantem o apoio de prefeitos das cidades onde têm bases eleitorais. Essas verbas são controladas pelo deputado Arthur Lira, que consegue aprovar o que quer quando cobra lealdade de seus aliados, mesmo contra o posicionamento dos respectivos partidos.

Daniel Lucas Oliveira

Jornalista formado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *