fbpx

Chefe dos investigadores do 3º Distrito fala à Agência sobre ameaças a Rogério Lins

Circulou na manhã de hoje (18) nas redes sociais alguns prints de uma ameaça direcionada ao prefeito Rogério Lins e a sua família. Com dizeres de “matar toda a família, dar tiro na cabeça”, entre outros, rapidamente a publicação ganhou força nas redes. A polícia identificou o suposto acusado, Lucas Montovi Ferreira, que compareceu ao 3º Distrito Policial de Osasco com os seus dois irmãos para alegar inocência e denunciar uma invasão ao seu Facebook, conforme informou Alessandro Aleixos (chefe dos investigadores) à Agência Grita São Paulo.

REVISTA EM SUA CASA

Segundo Aleixos, a polícia também pela manhã fez uma revista na casa do jovem Lucas, onde nada foi encontrado. De acordo com o chefe dos investigadores, as investigações vão continuar. “Nada foi encontrado. Pedimos autorização ao jovem e fomos até à sua casa para averiguar. Não localizamos armas e bombas. Em seguida, liberamos o menino por não ter nada que o ligue com as ameaças”, afirma.

OUTRO PASSO DAS INVESTIGAÇÕES

Fábio Audujas, chefe dos escrivães do 3º Distrito, durante entrevista concedida à Agência, afirmou que as investigações vão continuar e agora a meta é descobrir quem elaborou e quem subiu essas ameaças nas redes sociais. “É um fato grave por envolver uma personalidade pública. Precisamos apurar quem fez o upload das imagens nas redes sociais. As investigações vão continuar”, enfatiza Audujas.

A Agência Grita São Paulo está atenta aos fatos e a qualquer momento trará outros detalhes.

Daniel Lucas Oliveira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - Ama sua família. Vovô de três netos lindos. Acredita em Jesus Cristo. Pratica e indica Jiu-Jitsu. Amante da Justiça e direitos sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *