Conheça a Cartilha contra fake news na infância, da Sociedade Brasileira de Pediatria

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) lançou no primeiro semestre deste ano a Cartilha contra fake news na infância. Chamada de “Mais Que um Palpite”, a iniciativa tem por objetivo apresentar as orientações corretas aos pais e familiares.

Por exemplo, quem nunca recorreu ao grupo da família no WhatsApp para tirar alguma dúvida sobre a saúde dos filhos? Amamentação, crescimento, vacinas… É tanta coisa! O problema é a divisão existente nas redes sociais entre informações úteis e confiáveis e os palpites com dados sem qualquer embasamento científico.

Já imaginou o que aconteceria se um pediatra entrasse no grupo de mensagens da família?

A ideia da cartilha contra fake news é essa! O guia imita o formato de um grupo de família com perguntas coletadas nas páginas oficiais da campanha online Mais Que um Palpite. Vacinas, imunidade, alimentação e cuidados de rotina são respondidas por um pediatra ao entrar no grupo do WhatsApp! Tem até o personagem “Palpitinho”, que representa quem espalha notícias suspeitas e achismos.

O pediatra Renato Kfouri, presidente do Departamento de Imunizações da SBP, declara:

“É importante que os médicos se adaptem à era das mídias sociais. A velocidade das informações é uma realidade e, hoje, as famílias as buscam nas redes. Só que nem sempre as dicas passadas nesse espaço são confiáveis, e isso pode ameaçar a integridade da criança”.

Veja três exemplos de questões respondidas no material:

“Não há problema em consumir açúcar na infância”
Ele afeta o desenvolvimento da microbiota e aumenta o risco de obesidade e cáries. “Por isso, a recomendação é zero açúcar até os 2 anos”, orienta o pediatra.

“Crianças não podem fazer musculação“
Esqueça a história de que ela atrapalha o crescimento. “Estudos mostram que há benefícios. Com orientação, dá para praticar antes da puberdade”, aponta Kfouri.

“Tudo bem se o bebê dormir de bruços”
A melhor posição é de barriga para cima, sem cobertor, almofadas ou brinquedos no berço. O risco de morte súbita cai em até 70%.

CLIQUE AQUI E BAIXE A CARTILHA AGORA MESMO!

Wellington Torres

Editor da AGSP. Jornalista de coração e alma, pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais. Heavy user de redes sociais e fã de tecnologia. Assisto muitas sérias e atualmente meu maior vício são as médicas (Greys, The Good Doctor, New Amsterdam e The Resident) #LetsgotoCanada2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *