Fase Roxa | Conheça as mudanças no Estado de São Paulo se aplicada nova etapa da quarentena

Muito tem se especulado a respeito de uma nova restrição no Estado de São Paulo. Isso porque ontem, dia 9, o Estado registrou 517 mortes pela Covid-19, número mais alto desde o começo da pandemia. Até então, o recorde era do último dia 2, quando 468 perderam a vida em um período de 24 horas. O número de casos continua em alta e é o mais elevado deste ano, com 16.058 infectados. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 82,8% na Grande São Paulo e 82% no Estado.

Deste modo, a fase roxa do Plano São Paulo deve vir ainda nesta semana. Mas o que ela muda no vivido atualmente? Em resumo, restringe ainda mais os comércios e serviços à população.

Veja as mudanças na fase roxa
  • Restrição de horário de estabelecimentos essenciais, como supermercados.
  • Suspenção de eventos religiosos em igrejas e templos.
  • Escolas não poderão ter aulas presenciais.
  • Paralisação de campeonatos, como o Paulista de futebol.
  • A fase mais restritiva prevê a construção de hospitais de campanha, unidades provisórias para darem conta da explosão de contaminação que provocou o aumento das restrições. O primeiro deve ser instalado na comunidade de Heliópolis.
  • Atividades afetadas pela classificação vermelha continuariam impedidas.

Um comunicado oficial do governador João Doria deve ocorrer até sexta (12).

Wellington Torres

Editor da AGSP. Jornalista de coração e alma, pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais. Heavy user de redes sociais e fã de tecnologia. Assisto muitas sérias e atualmente meu maior vício são as médicas (Greys, The Good Doctor, New Amsterdam e The Resident) #LetsgotoCanada2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *