Governo de São Paulo anuncia novas restrições para combater avanço da Covid-19

O governador João Doria anunciou em vídeo nas redes sociais na manhã de hoje, dia 11 de março, a adoção de “medidas impopulares” para combater o avanço da pandemia. Assim, na coletiva realizada nesta tarde, novas medidas e restrições foram decretadas pelo Governo do Estado a partir do próximo dia 15 e vão até 30 de março. Confira a seguir as principais delas!

Será mantido o toque de recolher entre as 20 horas da noite e 5 horas da manhã do dia seguinte. Fica proibido a utilização de praias e parques no estado. Medidas restritivas para mais 14 atividades com o intuito de mais 4 milhões de pessoas deixarem de circular no Estado. Elas atingem por exemplo:

  • lojas de materiais de construção;
  • templos e igrejas;
  • serviços de retirada de todos os setores;
  • atividades esportivas.

Permitido, no entanto, serviços de drive-thru (entre 5 e 20 horas) e delivery 24 horas para restaurantes e outros estabelecimentos comerciais.

REAÇÃO

São Paulo teve nesta quarta a maior média móvel de mortes de toda a pandemia. O índice superou o recorde de agosto de 2020, quando o índice chegou a 289 mortes diárias, pelo terceiro dia seguido. O registro foi de 517 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, além de 16.058 novos casos confirmados da doença.

Nos últimos dias, ao menos 38 morreram na fila de UTIs no Estado. Por conta disso, a medida mais enérgica da Administração estadual foi tomada. Além disso, o ritmo atual de internações pode levar SP ao colapso em 25 dias, segundo o governo.

Ontem (10) foi anunciado ainda a abertura de mais 338 leitos de Covid até o fim do mês. A demanda do estado, no entanto, é de 400 novas vagas por dia.

VACINAÇÃO

Foi anunciado ontem (10) também que idosos acima de 72 anos serão vacinados contra a Covid-19 a partir do dia 22 de março nas unidades de saúde e nos postos drive-thru. Outra informação importante é: em estudo foi feito com a USP (Universidade de São Paulo), o instituto Butantan diz que a CoronaVac é eficaz contra as três variantes do Coronavírus em circulação no País (a britânica, a brasileira e a sul-africana).

QUALQUER ATUALIZAÇÃO DAS DECISÕES SERÃO ACRESCIDAS NO TEXTO

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *