Governo de São Paulo cria Comissão Médica da Educação para retomada das aulas presenciais

O Governador João Doria anunciou na última segunda (1º) que o Governo do Estado criou a Comissão Médica da Educação de SP, tendo como objetivo central nortear as decisões de volta às aulas presenciais. Monitorar e orientar as ações de prevenção, vigilância e controle da Covid-19 nas unidades escolares serão algumas das atribuições da comissão. Ressaltando que estas ações incluem as escolas municipais e particulares.

COMISSÃO

Fazem parte da comissão profissionais como Luciana Becker Mau Helman, médica infectopediatra do Hospital Albert Einstein; José Osmar Medina de Abreu Pestana, diretor do Hospital do Rim; Helena Sato, médica pediatra e Coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo; Marco Aurélio Palazzi Sáfadi, Diretor do Departamento de Pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo; e Wanderson Oliveira, Secretário de Serviços Integrados do Supremo Tribunal Federal e ex-Secretário Nacional de Vigilância em Saúde.

A Comissão Médica da Educação de SP pode solicitar a participação de outros profissionais para contribuir com o desenvolvimento dos trabalhos. Esta comissão foi formada para tratar especificamente de assuntos restritos à Educação no Estado de São Paulo e não se sobrepõe às decisões do Centro de Contingência do Coronavírus.

“Essa comissão é formada por especialistas com destaque nas áreas de pediatria, infectologia e epidemiologia e contribuirá para garantir suporte técnico e científico para que a volta às aulas seja realizada de forma responsável e absolutamente segura na rede estadual de Educação”, afirmou João Doria em coletiva de imprensa.

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

A decisão sobre interromper temporariamente as atividades de ensino em um determinado local e o momento para retorná-las será tomada junto à Comissão Médica da Educação de São Paulo, considerando o nível de transmissão local e a capacidade de resposta da área de saúde, com o aval final do Centro de Contingência do Coronavírus”, destacou o Secretário de Educação, Rossieli Soares.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×