Israel irá monitorar celulares da população durante combate ao Coronavírus

Quem assistiu Black Mirror pode ficar até apreensivo com uma notícia dessa. Israel é o primeiro país do mundo a autorizar o monitoramento dos celulares da população para controle do combate ao coronavírus. A ação não é inédita a nível global, pois já foi feita pela Coréia do Sul em 2015. Porém, em se tratando desta pandemia, Israel se torna pioneiro.

Objetivo

A tecnologia tinha inicialmente sido desenvolvida para localizar terroristas, e agora servirá para monitorar pacientes infectados pela doença. O anúncio de Benjamin Netanyahu, primeiro ministro de Israel, foi dado em canais de televisão do país no final da última semana. Serão implementadas medidas emergenciais de vigilância cibernética por um período de 30 dias.

Com isso, autoridades serão autorizadas a rastrear os celulares de pessoas diagnosticadas com o Covid-19 e pessoas com suspeitas da doença.

Com estes dados, agentes do governo entrarão em contato com as pessoas próximas de pacientes diagnosticados com o vírus e as notificarão sobre o possível contágio. Normalmente, a medida de vigilância precisa passar pelo processo parlamentar para ser implementada, mas o governante a considera como a única opção.

Eu me abstive como primeiro ministro em usar esses meios com a população civil até agora, mas não há escolha. Estamos travando uma guerra que obriga usar meios especiais e, portanto, busquei a aprovação do Ministério da Justiça. Isso nos dá uma ferramenta muito eficaz.

Medidas de monitoramento contra doenças deixam especialistas jurídicos em alerta. Eles se preocupam com o perigoso equilíbrio entre liberdade civil e a sobrevivência. Atualmente, governos podem estar evitando a propagação de doenças, mas as mesmas ferramentas podem acabar sendo utilizadas para fins não tão benéficos à sociedade no futuro.

Wellington Torres

Editor da AGSP. Jornalista de coração e alma, pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais. Heavy user de redes sociais e fã de tecnologia. Já assisti muitas séries, porém agora até minha mãe sabe mais de Greys Anatomy do que eu. Viajante aleatório, sonhando com #NewYork2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *