Itapecerica da Serra | Sindicato rebate vereadores e exige maior fiscalização no Governo

O SFPMIS (Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Itapecerica) divulgou nesta semana uma nota de repúdio à Câmara dos Vereadores da cidade. Segundo a entidade, a 7ª sessão da Câmara Municipal, que ocorreu em 31 de março, pode ser classificada como “uma vergonha”. O SFPMIS alega que em 5 sessões os vereadores aprovaram 19 projetos, mas após pandemia, em apenas duas sessões, foram 17 projetos apreciados e aprovados.

EM NOTA, O SINDICATO SE POSICIONA:

A Câmara Municipal de Itapecerica da Serra é uma vergonha! Tudo o que o prefeito Jorge Costa manda, ela aprova sem debater com os Servidores e a população! ACEITA TUDO! Desde quando foi determinado o isolamento social, há dias semanas, em razão da pandemia do Coronavírus, a Câmara aprovou 17 projetos. E sabe, Servidor e população de Itapecerica, para que eram esses projetos? Veja o projeto de Lei 1.790/2020, mudou a referência de Assessor Especial de 10 para 20.
Sabe o que isso representa? UM AUMENTO DE 60% NOS SALÁRIOS.”

Além da nota, um vídeo sobre o tema foi produzido pela entidade. E segue abaixo para verificação.

 

  • Até o fechamento desta matéria (13 horas de 3 de abril de 2020), a Câmara não atendeu nosso pedido de posicionamento da nota do Sindicato.

Wellington Torres

Editor da AGSP. Jornalista de coração e alma, pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais. Heavy user de redes sociais e fã de tecnologia. Já assisti muitas séries, porém agora até minha mãe sabe mais de Greys Anatomy do que eu. Viajante aleatório, sonhando com #NewYork2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×