Ministério da Saúde realiza distribuição de 40 milhões de equipamentos de proteção

Com a entrega da última remessa programada para esta semana, o Ministério da Saúde irá finalizar a distribuição de 40 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos profissionais da saúde em todo o País. A iniciativa é destinada ao tratamento de pacientes infectados com o novo Coronavírus (Covid-19). Em suma, os estoques de Estados e municípios serão abastecidos.

Até amanhã, dia 2 de abril, portanto, a região Norte e alguns Estados do Nordeste deverão receber os últimos itens do pacote. Dentre os materiais distribuídos estão máscaras, aventais, toucas hospitalares, sapatilhas, luvas para procedimentos não cirúrgicos, além de álcool. Outras regiões do Brasil já receberam os insumos.

DETALHES

No total, foram cinco editais de compra emergencial do Ministério da Saúde para aquisição dos EPIs, todos eles publicados no “Diário Oficial da União” (DOU). A distribuição aos Estados foi feita em três remessas diferentes, à medida que eram adquiridos. Foram 68,9 mil frascos de álcool 500 ml, frascos de álcool 100 ml, 60 mil óculos de proteção, 24 de milhões de luvas para procedimentos não cirúrgicos, 100 mil sapatilhas, 14,2 milhões de máscaras cirúrgicas, 742 mil aventais e 209 mil toucas.

MINISTRO MANDETTA

Durante a coletiva da última segunda, dia 30 de março, o ministro Luiz Henrique Mandetta destacou a força destrutiva do Coronavírus. “Se os profissionais de saúde adoecem, por exemplo, logicamente a capacidade de atendimento vai cair drasticamente”, explicou o ministro. Além disso, ele fez um apelo à sociedade pedindo a que todos que tiverem máscaras novas [não utilizadas] do modelo N95 para que as entreguem aos hospitais e às secretarias estaduais ou municipais de saúde. “A gente precisa desse pessoal bem, porque são eles que vão atender todo mundo”, disse.

PRÓXIMAS AÇÕES

Novas compra de EPIs ainda estão sendo feitas pelo Ministério da Saúde. Então, 200 milhões de máscaras cirúrgicas, 40 milhões de máscaras N95, 1 milhão de frascos de álcool 500 ml, 1 milhão de frascos de álcool 100 ml, 240 milhões de luvas para procedimentos não cirúrgicos, 40 milhões de aventais, 80 milhões de aventais impermeáveis, 1 milhão de sapatilhas, 1 milhão de óculos de proteção, 120 milhões de toucas e 200 mil unidades de protetores faciais devem chegar ao País em até 30 dias.

Os equipamentos fazem parte do reforço e organização da assistência hospitalar e ambulatorial do SUS, que o Ministério da Saúde vem realizando junto aos Estados brasileiros”, disse Roberto Ferreira Dias, diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *