NÚMEROS DE 27/5/2020 I Brasil tem 25.598 óbitos e 411.821 casos confirmados de Coronavírus

Ministério da Saúde divulgou ontem (às 19h30, de 27 de maio) novos números referentes à pandemia da Covid-19 (Coronavírus). São 25.598 óbitos e 411.821 casos confirmados. São Paulo lidera o ranking com 89.483 casos e 6.712 óbitos. No geral, a taxa de letalidade se mantém em 6,2%.

Nas últimas 24 horas foram 20.599 casos apurados e 1.086 novos óbitos. O total de pessoas recuperadas é de 166.647.

CASOS POR REGIÃO

Sudeste tem 151.376.
Nordeste, puxado pelo Ceará, com 141.706 infectados.
A região Norte ultrapassou o Sul e o Centro-Oeste e agora tem 86.978.
Sul são 18.132.
Centro-Oeste
13.629 casos.

CASOS POR ESTADOS
Acre (5.251)
Alagoas (7.580)
Amapá (7.619)
Amazonas (33.508)
Bahia (15.070)
Ceará (37.275)
Distrito Federal (7.761)
Espírito Santo (11.484)
Goiás (2.843)
Maranhão (26.145)
Mato Grosso (1.839)
Mato Grosso do Sul (1.186)
Minas Gerais (8.011)
Paraná (3.712)
Paraíba (10.209)
Pará (31.033)
Pernambuco (29.919)
Piauí (3.966)
Rio Grande do Norte (5.630)
Rio Grande do Sul (7.048)
Rio de Janeiro (42.398)
Rondônia (3.862)
Roraima (2.682)
Santa Catarina (7.372)
Sergipe (5.912)
São Paulo (89.483)
Tocantins (3.023)
PARÁ

O estado do Pará já recebeu do Governo do Brasil o aporte de R$ 164,5 milhões voltados exclusivamente para o combate à pandemia por Covid-19. O objetivo é auxiliar os gestores locais do Sistema Único de Saúde (SUS), ou seja, estado e municípios, na melhoria e ampliação das ações de combate à doença, além da assistência necessária à saúde da população. Entre janeiro e maio deste ano, o Pará também recebeu R$ 1,1 bilhão de recursos de rotina, ou seja, voltados à manutenção dos serviços de saúde.

Além dos recursos diretamente repassados para o estado, o Ministério da Saúde distribuiu medicamentos, testes de diagnóstico, equipamentos de proteção individual para os profissionais de saúde, além de outros materiais e insumos. Até o momento, o estado registra 28.600 casos e 2.469 óbitos pela doença.

Nesta quarta (27), o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, cumpriu agenda na capital Belém ao lado do governador do estado do Pará, Helder Barbalho, e do Secretário de Saúde do Pará, Alberto Beltrame, e visitou as instalações de algumas unidades de saúde. O objetivo foi conhecer a realidade dos hospitais, as necessidades da população e as demandas do estado e interior, além de alinhar ações estratégicas conjuntas para ampliar o combate ao coronavírus.

“Temos que continuar melhorando a capacidade de atendimento da capital para que tenhamos possibilidade de fazer frente à demanda que ainda vai acontecer no interior”, explicou o ministro interino da Saúde.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *