Osasco | Prefeitura anuncia aumento no “Bolsa Aluguel” e deve indenizar vítimas das chuvas

Durante lançamento do “Programa Acolher Osasco”, realizado ontem (12), o prefeito Rogério Lins anunciou o aumento de R$ 100,00 no Bolsa Aluguel. O evento ocorreu no auditório do Fundo Social de Solidariedade. Além disso, também foi confirmado a criação de um programa de indenização das famílias foram vítimas de alagamentos na última semana.

DETALHES 

Ambas iniciativa devem ser encaminhadas como projetos de lei à Câmara Municipal ainda esta semana, segundo a Prefeitura. Além disso, de acordo com o prefeito, para terem direito à indenização, as famílias atingidas pela chuva terão de procurar a Secretaria de Assuntos Jurídicos (situada no Paço Municipal, na avenida Bussocaba, 300), preencher os formulários pleiteando a indenização e apresentar comprovantes dos prejuízos.

O aumento do Bolsa Aluguel, além de auxiliar as família atingidas pela chuva, também irá beneficiar todos os cadastrados no programa. Já o Programa Acolher foi criado justamente para atender as famílias que ficaram desabrigadas/desalojadas. Até o momento já foram arrecadados 319 eletrodomésticos (fogões e geladeiras), 12 toneladas de alimentos e material de higiene e limpeza. Ao todo serão beneficiadas 4.325 pessoas.

“Vamos aumentar de R$ 300 para R$ 400 (aumento de 33.5% no Bolsa Aluguel) e equiparar ao valor pago pela capital mais rica do país, São Paulo. A legislação até permite a isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em casos como esses, mas com validade somente a partir do exercício seguinte. O drama dessas famílias está acontecendo agora, então não dá para esperar para o ano que vem. Por isso adotamos essas medidas”, disse Rogério Lins.

Os dados podem ser consultados no site do programa.

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×