NÚMEROS DE 17/5/2020 I Brasil tem 16.118 óbitos e 241.080 casos confirmados de Coronavírus

Ministério da Saúde divulgou ontem (às 20h25, de 17 de maio) novos números referentes à pandemia da Covid-19 (Coronavírus). São 16.118 óbitos e 241.080 casos confirmados. São Paulo lidera o ranking com 62.345 casos e 4.782 óbitos. No geral, a taxa de letalidade se mantém em 6,7%.

16.118 mortes, eram 14.962 na sexta (15)
241.080 casos confirmados, eram 220.291
Taxa de letalidade de 6,7%
94.122 recuperados

CASOS POR REGIÃO

Sudeste tem 83.516.
Nordeste, puxado pelo Ceará, com 66.569 infectados.
A região Norte ultrapassou o Sul e o Centro-Oeste e agora tem 37.431.
Sul são 9.392.
Centro-Oeste
 6.010 casos.

CASOS POR ESTADOS
Acre (1.997)
Alagoas (3.816)
Amapá (3.952)
Amazonas (20.328)
Bahia (8.443)
Ceará (24.255)
Distrito Federal (4.368)
Espírito Santo (6.744)
Goiás (1.692)
Maranhão (12.492)
Mato Grosso (901)
Mato Grosso do Sul (570)
Minas Gerais (4.611)
Paraná (2.286)
Paraíba (4.347)
Pará (13.864)
Pernambuco (19.452)
Piauí (2.252)
Rio Grande do Norte (3.137)
Rio Grande do Sul (3.735)
Rio de Janeiro (22.238)
Rondônia (1.963)
Roraima (1.791)
Santa Catarina (4.776)
Sergipe (3.343)
São Paulo (62.345)
Tocantins (1.382)
ESTUDO

O Ministério da Saúde está financiando o estudo ‘Evolução da Prevalência de Infecção por COVID-19’, coordenado pelo Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade Federal de Pelotas que vai analisar a evolução de casos da COVID-19 na população brasileira. Ao todo, 99.750 pessoas de 133 municípios de todas as regiões do país serão submetidas ao teste rápido (sorologia), que detecta se a pessoa já teve a doença. Foram enviados 150 mil testes rápidos para viabilizar a ação.

A ideia é identificar de que forma o vírus está se propagando em todo o Brasil e criar políticas públicas mais eficientes sobre o comportamento do coronavírus no território brasileiro. Essas “cidades sentinelas” foram escolhidas por serem municípios sede de cada sub-região intermediária do país, de acordo com critérios do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×