fbpx

Passagem de ônibus em Osasco sobe para R$ 4,50 e qualidade continua questionável

Os cidadãos de Osasco acordaram em 2019 cheios de esperança de um ano melhor. E assim iremos lutar para que seja. Mas no que depender dos responsáveis pelas linhas de ônibus da cidade, não deve ser tão fácil assim ter um ano tranquilo. O preço da passagem, que já era um dos mais caros do Estado de São Paulo, salta dos atuais R$ 4,35 para R$ 4,50 desde 1 de janeiro de 2019.

O QUE DIZ O GOVERNO MUNICIPAL – Segundo a Prefeitura de Osasco, as empresas responsáveis pela operação das linhas queriam um reajuste que faria os preços ultrapassarem R$ 5,00. Segundo divulgação no SP1, jornal da TV Globo, a Administração informou que os cartazes com o comunicado do reajuste foram afixados nos ônibus com uma antecedência mínima de dois dias, respeitando decreto municipal. Disseram também que, em 2017, as concessionárias entregaram 45 novos ônibus com ar-condicionado e acessibilidade. E que este ano serão mais 90.

Porém sabemos que a realidade é bem diferente, uma vez que temos uma passagem mais cara que a capital paulistana e nem se quer integração entre as linhas existe. Sobre o tema, uma das promessas de campanha do atual prefeito Rogério Lins, a assessoria da Prefeitura não nos respondeu até o momento. Seguimos acompanhando mais um flagrante de descaso com o cidadão que paga caro em seus impostos e nas passagens e não tem bons serviços em troca.

Wellington Torres

Editor da AGSP. Jornalista de coração e alma, pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais. Heavy user de redes sociais e fã de tecnologia. Já assisti muitas séries, porém agora até minha mãe sabe mais de Greys Anatomy do que eu. Viajante aleatório, já tenho meu próximo destino: Ushuaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *