fbpx

São Paulo | Passagem de ônibus, trem e metrô poderá ser paga no crédito ou débito

A Prefeitura de São Paulo, através de seu mais recente projeto-piloto, vai permitir pagamento da passagem de ônibus com cartões de crédito e débito. A iniciativa começa a valer a partir da próxima segunda, dia 16. Para utilizar o novo sistema é necessário ter um cartão de crédito ou débito (por enquanto apenas Visa ou Mastercard) que tenha tecnologia de pagamento por aproximação. O mesmo pode ser feito com celulares, por exemplo.

A cobrança é feita quando o usuário encosta o cartão/celular no validador do ônibus, igual como funciona com o Bilhete Único. Porém esse novo método não possibilita o uso de mais de um ônibus por tarifa nem integração com trens e Metrô, como acontece com o Bilhete Único.

Sobre este tema, o prefeito Bruno Covas (PSDB) declara:

Não tenho a menor dúvida de que vai ajudar a revolucionar o sistema da cidade de São Paulo. Por hora, estamos em um período de testes da passagem de ônibus.

O projeto-piloto terá duração de 3 meses ou até atingir 500 mil transações. Ele englobará 12 linhas de ônibus.

As linhas que participarão do projeto são:
  • 917M/10 – Metrô Ana Rosa/Morro Grande
  • 917M/31 – Metrô Ana Rosa/ Morro Grande
  • 9500/10 – Praça do Correio/Terminal Cachoeirinha
  • 9300/10 – Terminal Parque Dom Pedro II/Terminal Casa Verde
  • 908T/10 – Butantã/Parque Dom Pedro II
  • 2002/10 – Terminal Bandeira/Parque Dom Pedro II
  • 2590/10 – Parque Dom Pedro II/União VI. Nova
  • 4031/10 – Metrô Tamanduateí/Parque Santa Madalena
  • 5129/10 – Terminal Guarapiranga/Jardim Miriam
  • 5129/41 – Santo Amaro/Jardim Miriam, 6030/10 -Terminal Santo Amaro/UNISA-CAMPUS 1
  • 675R/10 – Metrô Jabaquara/Grajaú
  • 715M/10 – Largo da Pólvora/Jardim Maria Luiza
  • 807M/10 – Shopping Morumbi/Terminal Campo Limpo
E ONDE ENTRA O METRÔ E A CPTM NESTA HISTÓRIA?

Há uma semana o governo de São Paulo começou a testar o bilhete unitário com QR Code em sete estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e do Metrô. Existem três formas de se utilizar a tecnologia: com o cartão de crédito por meio do aplicativo VouD, com o cartão de débito nas máquinas de autoatendimento e com dinheiro nas bilheterias das estações.

Desde o início do período de testes até a última terça-feira (10) já foram vendidos 21.847 bilhetes com QR Code.

As estações que participam do projeto são:

  • Autódromo (Linha 9-Esmeralda);
  • Tamanduateí (Linha 10-Turquesa);
  • Dom Bosco (Linha 11-Coral);
  • Aeroporto-Guarulhos (Linha 13-Jade).

No Metrô, o novo serviço pode ser testado nas estações:

  • São Judas (Linha 1-Azul);
  • Paraíso (linha 1-Azul e 2-Verde;
  • Pedro II (Linha 3-Vermelha).

Wellington Torres

Editor da AGSP. Jornalista de coração e alma, pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Mídias Digitais. Heavy user de redes sociais e fã de tecnologia. Já assisti muitas séries, porém agora até minha mãe sabe mais de Greys Anatomy do que eu. Viajante aleatório, já tenho meu próximo destino: Ushuaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *