Narrativas Periféricas | Livro compila relatos de estudantes da USP vindos das periferias

Narrativas Periféricas: Entre Pontes, Conexões e Saberes Plurais é um livro lançado em março deste ano e relata as muitas histórias de seus autores (alunos), predominantemente, negros, de origem popular, vindos de periferias. A edição é um compilado da experiência dos participantes do projeto Democracia, Artes e Saberes Plurais (Dasp), promovido pela Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência entre 2018 e 2020.

Os participantes do projeto se dividem entre estudantes, professores, consultores e também moradores dos territórios pesquisados. A obra é uma mostra de que ser morador de periferia e estudar na USP (Universidade de São Paulo) já não é para tão poucos. A reserva de vagas para alunos de escolas públicas, pretos, pardos e indígenas vem transformando as salas de aula da unidade desde 2017, quando foi adotada.

NARRATIVAS PERIFÉRICAS

O livro apresenta a percepção destes pesquisadores que atuaram em uma pesquisa de recenseamento em favelas São Remo, na zona oeste, e Jardim Keralux/Vila Guaraciaba, na Zona Leste. A organização do livro não estava prevista no começo do projeto. A partir das reuniões que o grupo fazia, os participantes tinham reflexões em torno do acesso e da experiência universitária de negros, pobres e moradores de periferias na USP.

Não deixe de aproveitar esta leitura. A publicação contém relatos, ensaios e textos literários que retratam aprendizados e reflexões acumuladas sobre a produção de conhecimento em contextos periféricos, a experiência universitária e muito mais. O melhor de tudo é que está disponível gratuitamente. Aproveite!

CLIQUE AQUI PARA LER

LEIA TAMBÉM

Vida em Apartamento | Obras e reformas nos condomínios em tempos de pandemia

Essa é uma questão geradora de muitas dúvidas e intensificada por conta desse período de pandemia no qual estamos vivendo. Agora em março, completamos um ano desde o começo da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no Brasil. Infelizmente, com a chegada da segunda onda, o Brasil se vê fortemente atingido, passando a números altíssimos de internações e mortes em decorrência do vírus… leia na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *