Por falta de biometria, 300 mil títulos de eleitor são cancelados na Grande São Paulo

Os eleitores que não fizeram a biometria obrigatória ou têm pendências com a Justiça Eleitoral devem ir ao Cartório Eleitoral até 6 de maio para regularizar a situação. Este é o prazo final para quem pretende votar nas eleições deste ano, quando serão definidos prefeitos e vereadores para o próximo mandato.

Na Grande São Paulo, 15 cidades estavam com o cadastramento da biometria de forma obrigatória até o dia 19 de dezembro. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 304 mil moradores dessas cidades não realizaram o cadastro e estão com a situação irregular para a votação deste ano.

Pessoas que perderam o recadastramento biométrico e tiveram o título cancelado, não justificaram a ausência nas últimas eleições ou ainda desejem alterar o domicílio eleitoral têm até esse dia [6 de maio] para se dirigirem ao cartório eleitoral mais próximo a fim de resolver suas pendências”, afirmou o TSE em comunicado.

A data de 6 de maio também é prazo final para quem for votar pela primeira vez este ano.

CIDADES OBRIGATÓRIAS

Na região metropolitana, o cadastramento era obrigatório nas cidades de Cajamar, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Itapecerica da Serra, Jandira, Juquitiba, Mairiporã, Poá, Ribeirão Pires, Salesópolis, Santa Isabel, São Caetano do Sul, São Lourenço da Serra e Taboão da Serra.

Em Taboão, mais de 50 mil pessoas não fizeram o cadastramento e tiveram o título cancelado.

A biometria vem sendo implementada ao longo dos últimos anos em todas as cidades do Brasil. No entanto, a Justiça Eleitoral tem tornado obrigatório o cadastro em etapas.

Outras 23 cidades da região metropolitana, por exemplo, não tiveram ainda a obrigação de ser feito o procedimento. Em São Paulo, dos 8 milhões de eleitores, mais da metade já cadastrou a biometria. Na eleição passada, Guarulhos teve esse processo de forma obrigatória e foram 148 mil títulos cancelados.

Moradores das demais cidades podem procurar o Cartório Eleitoral para fazer o cadastramento de forma antecipada. A recomendação é fazer antes justamente para evitar filas.

Fonte: Agência Mural

Lucas R. de Souza Pereira

Jornalista da Agência de Comunicação Grita São Paulo - AGSP, ex-foca da redação, aficionado pelo mundo do futebol, games, séries e rock'n'roll

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×